a-revolucao-da-terapia-celular

A revolução da terapia celular

Entrevista com Anne Kerber, vice-presidente senior e responsável de desenvolvimento clínico de fases tardias da Bristol Myers Squibb

04/01/24
a-revolucao-da-terapia-celular

 

A terapia celular é uma revolução. A terapia com células CAR-T é um tipo de tratamento de imunoterapia contra o cancro no qual as células T do doente são geneticamente modificadas para reconhecerem, atacarem e se unirem a proteínas presentes em certas células cancerígenas.

Os dados mostram que a terapia com células CAR-T pode melhorar significativamente os resultados em doentes com certos tipos de doenças hematológicas.

A terapia com células CAR-T, geralmente administrada em infusão única, oferece esperança aos doentes que ficaram sem opções.

Os cientistas estão entusiasmados com o potencial terapêutico do tratamento com células CAR-T para uma série de doenças, incluindo distúrbios relacionados com o sistema imunológico, como lúpus e esclerose múltipla.

A terapia com células CAR-T é diferente do tratamento farmacológico convencional.

Na terapia celular, os desafios consistem em expandir a produção, adaptar a cadeia de abastecimento, atualizar e harmonizar as vias de regulação e chegar a acordo sobre um modelo de financiamento que seja sustentável para os sistemas de saúde e em linha com a inovação que isso implica.

Com a rápida evolução da tecnologia da terapia celular, os sistemas de saúde devem adaptar-se para que os doentes da UE possam beneficiar. Isto requer diálogo entre todas as partes interessadas, incluindo a indústria.

Os decisores políticos da UE que reveem a Legislação Farmacêutica Geral da UE devem ter em conta as complexidades únicas da terapia celular.

Ao preparar o quadro regulamentar para o futuro, os doentes na UE poderão beneficiar destes tratamentos revolucionários.  

Nesta extensa entrevista, Anne Kerber, vice-presidente senior e diretora de desenvolvimento clínico de fases tardias, ex-hemato-oncologista, partilha a sua visão sobre a terapia celular:  desenvolvimento e aplicação clínica, os desafios da produção em larga escala e como um ambiente político recetivo pode ajudar a alavancar o seu potencial para os doentes da UE.

 

Ficou interessado neste tema? 

Acesse mais informações aqui:  https://www.eupolicy.bms.com/our-stories/policy-priorities/realizing-the-cell-therapy-revolution.html?cid=twitter:social_organic:AW:bms_eupolicy

actualidade